segunda-feira, 13 de março de 2017

Nas comemorações do 7ºaniversário do PD no BP

Nas comemorações do aniversário do Pingo Doce no BragaParque, dia 11 de março de 2017.
Umas canções e umas danças.

...no talho ...




Caninha Verde, os "sinos da sé"




Parabéns a você


Alargai-vos raparigas

Deve ser o "Pi-pe-ri-pi "

Malhão de entrada




sábado, 25 de fevereiro de 2017

Biénio 2017-2019 linhas programáticas

Programa de acção para o biénio
 
Promover a instalação da sede em condições adequadas ao prosseguimento das finalidades e objectivos do grupo, visando espaços para: ensaio, reunião dos órgãos sociais, trabalho administrativo, exposição, oficina, manutenção;

Ensaiar repertórios instrumentais, corais, mistos e coreográficos que sirvam funcionalidades diversificadas, consoante a solicitação de eventos e contextos de intervenção cultural;

Gravar em suporte digital e áudio temas do repertório;

Expor, no espaço da Sede ou em outros centros de exposição pública, unidades temáticas dos conteúdos mobilizados pelo Grupo;

Definir uma variação de trajar que possa servir situações de intervenção pública diferentes da «mostra etnográfica»;

Editar documentação de referência sobre músicas, coreografias, trajares e modalidades de interpretação cultural;

Escrever e ilustrar a história do Grupo;

Colaborar com instituições dedicadas à criação e divulgação cultural;

Integrar projectos transversais de promoção e desenvolvimento cultural, tomando como exemplos as festas de S. João, o desfile de traje, o Vamos Bailar à Senhora…;

Fomentar a criação, gestão e manutenção de um centro de artes e ofícios, denominado «….» aberto à comunidade local, mas vocacionado para a venda e angariação de fundos;


Aumentar e diversificar os recursos humanos do grupo através da organização de eventos específicos de fruição e animação cultural;

Conceber e implementar uma iniciativa anual, identitária do grupo, autónoma ou em parceria institucional;

Fomentar o convívio e a celebração festiva entre os elementos do grupo e com outros grupos, pessoas ou entidades;


Desenvolver unidades de formação folclórica, directa ou indirectamente apoiadas em recursos humanos do grupo, quer em termos de rede digital, quer em termos de instalação e desempenho ocasional.

Incrementar a marca «Os Sinos da Sé».

A Direcção da Associação Cultural e Festiva «Os Sinos da Sé», Braga, Março de 2017.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Assembleia Geral Ordinária 2017

Informamos que a assembleia geral marcada para dia 2 de março foi adiada por motivos de força maior, passando para dia 9 de março.

Tenham atenção esta convocatória:



domingo, 18 de dezembro de 2016

Braga é Natal (ed.2016)


Fogueira de Natal - recriação




batam palmas para festejar
o natal na rua
que nos faz sonhar
que nos faz sonhar
nos traz alegria
o Natal é festa
paz e alegria.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

duas pinguinhas/duas sardinhas

(pequena história)
Estávamos nós, num ensaio, a cantar o refrão da música São Martinho de António Cabral (escritor transmontano 1931-2007):
" Dá-me castanhas, bem assadinhas
E a acompanhar duas sardinhas."

antes do verso seguinte diz o Prata...não é duas sardinhas (diz isto sempre que canta esta música)...é duas pinguinhas...virado para mim e a abanar a cabeça...não é assim...
antes de entaramelar o resto do refrão eu disse-lhe mas o poeta ... fez assim!
pois, retorquiu e continuamos...

"Quentes e boas são as castanhas
Dos castanheiros que há nas montanhas."

quando íamos repetir, o Prata finalizou com um prontos lá pr'a trás-os-montes é sardinhas mas aqui será pinguinhas!!!

O vinho bebeu-se, as castanhas sobraram estas... para a fotografia.

O Prata, o senhor Prata. O senhor professor Prata vestido de criado ou lavrador pobre com duas peças brancas de linho, a camisa feita de estopa e as calças de tomentos (linho de 2ª ou 3ª escolha) atada à cinta por uma corda...

O refrão do poeta é assim: 

"Dá-me castanhas, bem assadinhas
E a acompanhar duas sardinhas.
Quentes e boas são as castanhas
Dos castanheiros que há nas montanhas."

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Outono 2016

E sem darmos por isso, chegou o Outono.

Vamos cantar as castanhas dos castanheiros
Vamos cantar o vinho novo.


segunda-feira, 11 de julho de 2016

dia de São Bento, 11 de julho

Pequena lembrança de São Bento, Benditíssimo.
Gravado num ensaio,
com imagens pontuais entre o céu e a terra tiradas por um telemóvel irrequieto.
[Campo de milho, Castanheiro em Priscos, Senhora da Caridade, Cruz de cristo em exposição na Casa dos Crivos e São Bento]

video


sábado, 11 de junho de 2016

Performance de Abertura das Festas de S.João 2016

São 14 dias de festa e não faltam motivos para visitar Braga.
Das tradições seculares aos mega-concertos da modernidade.
Venha, venha ao S.João a Braga.




quarta-feira, 4 de maio de 2016

...em preparação ...São João 2016

Umas quadras soltas...enquanto preparamos a edição 2016 do São João em Braga

São João na nossa terra
é orago secular
tem confrades, tem capela
tem bandeira e tem altar

....

São João tem um carneiro
com dois guizos ao pescoço
e quando toca o guizo fino
também toca o guizo grosso

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Páscoa 2016 - procissão "Vós sereis o meu Povo"

Quarta-feira, dia 23 de março de 2016.
 Performance Louvai o Senhor, procissão da Burrinha.

Letra de José Machado e música de A.Costa Gomes.

O prospecto elaborado pela organização diz que:
Esta procissão inserida no contexto da Semana Santa, é uma catequese viva que nos aponta uma nova página da história da salvação...

Eis algumas frases do cântico de 8 minutos:
...
Já nossos pais viveram e contaram
...
As obras do Senhor serão lembradas
...
O mar nos fez passar, contendo as águas
...
Migramos as fronteiras na esperança
...